Prescrevendo Berodual e Pulmicort: Em que casos é necessário e o que escolher? Compatibilidade e eficácia

Descubra em que casos Berodual e Pulmicort são usados, o que é melhor – um ou outro medicamento e se eles podem ser usados simultaneamente. Informações úteis sobre o tratamento da asma brônquica e doença pulmonar obstrutiva crônica.

Berodual e Pulmicort são medicamentos usados para tratar doenças do sistema respiratório, como asma brônquica, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e outros. No entanto, os pacientes geralmente enfrentam a questão de qual desses medicamentos escolher e que c o-administração é possível.

Neste artigo, examinaremos os recursos de cada um desses medicamentos, seus efeitos colaterais e aprenderemos quando usar um medicamento e quando usar outro. Também examinaremos possíveis combinações de medicamentos e faremos recomendações sobre como us á-las para obter o melhor efeito do seu tratamento.

Se você está sofrendo de uma condição respiratória e foi prescrito para tomar Berodual ou Pulmicort, você achará este artigo útil para tomar a decisão certa sobre a escolha da medicação e alcançar os melhores resultados de tratamento.

Contents
  1. Como escolho entre Berodual e Pulmicort?
  2. Pulmicort
  3. Berodual
  4. Quando usar cada medicamento?
  5. Vídeo sobre o assunto:
  6. Diferenças entre Berodual e Pulmicort
  7. Indicações para o uso de berodual
  8. Q & amp; A:
  9. Berodual e Pulmicort serão adequados para o tratamento da asma ao mesmo tempo?
  10. Qual dos medicamentos é preferível no tratamento de doenças pulmonares obstrutivas?
  11. Que efeitos colaterais podem ocorrer ao tomar Pulmicort?
  12. O berodual é adequado para o tratamento de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)?
  13. Pulmicort pode ser substituído por Berodual?
  14. Como o Berodual funciona?
  15. Pulmicort e Berodual podem ser usados ao mesmo tempo em caso de exacerbação da asma brônquica?
  16. Quais são as principais contr a-indicações para Pulmicort e Berodual?
  17. Indicações para o uso de Pulmicort
  18. Contr a-indicações para o uso de berodual
  19. Contr a-indicações Pulmicort
  20. Compatibilidade de Berodual e Pulmicort
  21. Como escolher entre Berodual e Pulmicort para asma brônquica
  22. O que é asma brônquica
  23. Como o Berodual e Pulmicort funcionam
  24. Quando usar Berodual e Pulmicort
  25. Uso conjunto de Berodual e Pulmicort
  26. Como escolher entre Berodual e Pulmicort para doença pulmonar obstrutiva crônica
  27. Como escolher entre Berodual e Pulmicort para Bronquite
  28. Como escolher entre Berodual e Pulmicort para laringite aguda
  29. Escolhendo entre Berodual e Pulmicort
  30. Escolhendo entre Berodual e Pulmicort para reações alérgicas
  31. Escolha entre Berodual e Pulmicort durante a atividade física
  32. Como escolher entre Berodual e Pulmicort para dispnéia noturna
  33. Qual é a maneira correta de tomar Berodual e Pulmicort?
  34. Berodual
  35. Pulmicort
  36. Uso conjunto de Berodual e Pulmicort

Como escolho entre Berodual e Pulmicort?

Quando as doenças respiratórias precisam ser tratadas, surge a questão de escolher entre Berodual e Pulmicort. Ambos os medicamentos são usados para dilatar os brônquios e facilitar a respiração, mas têm diferenças em sua ação. Portanto, antes de usar qualquer um deles, é necessário descobrir qual medicamento será adequado para você.

Pulmicort

Pulmicort é um medicamento de glicocortosteróide que é usado para prevenir e tratar a asma brônquica. Reduz a inflamação dos tubos brônquicos e melhora a perviedade das vias aéreas. Recomend a-se que a Pulmicort seja usada regularmente para obter controle estável da doença e evitar ataques de chiado.

Berodual

Berodual é um broncodilatador usado para ajudar a respirar doenças pulmonares, como asma brônquica e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Este medicamento dilata os brônquios e aumenta o volume de respiração, reduzindo os sintomas de falta de ar e ansiedade.

Quando usar cada medicamento?

O Pulmicort é usado para terapia a longo prazo da asma brônquica e outras doenças associadas à inflamação brônquica. Berodual para usar como tratamento de emergência para ataques de chiado e DPOC. Juntos, eles podem ser usados apenas na prescrição de um médico.

Evite a automedicação e consulte seu médico para escolher o medicamento certo para tratar sua doença respiratória.

Vídeo sobre o assunto:

Diferenças entre Berodual e Pulmicort

Berodual e Pulmicort são dois medicamentos usados para tratar condições do sistema respiratório, como asma, bronquite e EPOC. Ambos contêm ingredientes ativos diferentes e têm mecanismos de ação diferentes.

O Berodual contém sulfato de salababão e um broncodilatador que dilata as vias aéreas e facilita a respiração. Pulmicort contém diropionato de beclometasona, que é um corticosteróide e ajuda a reduzir a inflamação nas vias aéreas.

A co-administração de Berodual e Pulmicort pode ser recomendada quando é necessário um rápido alívio dos sintomas, bem como a redução da inflamação nas vias aéreas. No entanto, a combinação deve ser prescrita apenas por um médico e de acordo com as necessidades individuais do paciente.

Como alternativa ao uso combinado, Berodual e Pulmicort podem ser usados separadamente, dependendo dos sintomas e do estado de saúde do paciente. O Berodual é geralmente usado como um broncodilatador de ação rápida para aliviar os sintomas, enquanto o Pulmicort é recomendado como um medicamento profilático para reduzir a frequência e a gravidade dos ataques.

Em ambos os casos, a escolha entre Berodual e Pulmicort deve se basear nas necessidades individuais do paciente e nas recomendações do médico. É importante não usar demais nenhum desses medicamentos e seguir as instruções para uso para evitar possíveis efeitos colaterais e complicações.

Indicações para o uso de berodual

Berodual é um medicamento que dilata o brônquico e aumenta sua perviedade. Seu principal ingrediente ativo é o Fenoterol, que é um broncodilatador. O berodual é usado no tratamento da asma brônquica e doenças obstrutivas das vias aéreas, como bronquite crônica e enfisema.

O Berodual também pode ser usado como um tratamento para prevenir e aliviar os broncoespasmos causados por exercício, estresse e outros fatores. Isso pode ser especialmente útil para pessoas que praticam esportes ou se envolvem em trabalho físico.

É importante observar que você deve ter cuidado ao usar Berodual e seguir as recomendações do seu médico, pois o uso inadequado pode causar efeitos colaterais, como palpitações cardíacas, tremores e tonturas.

  • Indicações para o uso de Berodual:
  • Asma brônquica
  • Bronquite crônica e enfisema
  • Broncoespasmo devido a um esforço físico
  • Alívio de respirar resfriados

Se você encontrar esses sintomas, consulte um médico para obter recomendações para tratamento. Somente um especialista qualificado pode determinar qual medicamento será mais eficaz em seu caso específico.

Q & amp; A:

Berodual e Pulmicort serão adequados para o tratamento da asma ao mesmo tempo?

Sim, é possível us á-los simultaneamente no tratamento da asma, mas isso deve ser prescrito por um médico. É necessário observar estritamente a dose e não exceder as recomendações do médico.

Qual dos medicamentos é preferível no tratamento de doenças pulmonares obstrutivas?

Cada medicamento tem suas próprias características e pode ser adequado, dependendo dos sintomas e da condição do paciente. O médico deve escolher o medicamento mais eficaz em cada caso específico.

Que efeitos colaterais podem ocorrer ao tomar Pulmicort?

Os efeitos colaterais do Pulmicort podem variar de tontura e tremores a supressão adrenal e desenvolvimento do glaucoma. É necessário estudar cuidadosamente contr a-indicações e recomendações do médico antes de tomar o medicamento.

O berodual é adequado para o tratamento de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)?

O Berodual pode ser usado para tratar doenças pulmonares obstrutivas, incluindo DPOC. No entanto, o tratamento deve ser supervisionado por um médico.

Pulmicort pode ser substituído por Berodual?

Não, não é possível. Pulmicort é um medicamento hormonal que tem um efeito local nos pulmões, e Berodual é um broncodilatador que dilata o brônqui, mas não é capaz do mesmo efeito que o Pulmicort.

Como o Berodual funciona?

Berodual é um broncodilatador que alivia os espasmos nos brônquios e os dilata. Isso ajuda a melhorar a perviedade das vias aéreas e aumentar o volume de ar inalado.

Pulmicort e Berodual podem ser usados ao mesmo tempo em caso de exacerbação da asma brônquica?

Sim, um médico pode prescrever seu uso simultâneo em caso de exacerbação de asma brônquica. Isso pode ajudar a melhorar a condição do paciente, mas somente após a consulta e as recomendações do médico.

Quais são as principais contr a-indicações para Pulmicort e Berodual?

As principais contr a-indicações para Pulmicort incluem intolerância pessoal, glaucoma e úlceras nasais agudas frescas. O berodual pode ser contr a-indicado para pacientes com doenças cardiovasculares, taquicardia e intolerância individual aos componentes do medicamento.

Indicações para o uso de Pulmicort

O Pulmicort é um medicamento usado no tratamento de doenças do sistema respiratório associado a processos inflamatórios. As principais indicações para o uso de Pulmicort incluem:

  1. Asma brônquica;
  2. Bronquite obstrutiva crônica;
  3. Rinite alérgica;
  4. Pneumonia;
  5. Enfisema pulmonar e outras doenças acompanhadas de processos inflamatórios no trato respiratório.

O Pulmicort ajuda a reduzir a inflamação nas vias aéreas, melhorando a perviedade brônquica e reduzindo o risco de ataques de doenças respiratórias. Devido à sua ação, o Pulmicort é um medicamento eficaz para aliviar os sintomas da asma brônquica e da DPOC, bem como a prevenção de exacerbações dessas doenças. O medicamento não tem uma ação rápida e não é adequada como ant i-histamínico – para esse fim, outros medicamentos devem ser usados.

Se o paciente tiver rinite alérgica, o Pulmicort pode ajud á-lo a lidar com os sintomas mais do que outros medicamentos. Alivia a coceira, reduz o inchaço da mucosa nasal e reduz o processo de célula vermelho convergindo para o foco inflamatório. Além disso, o medicamento pode ser usado para evitar ataques subsequentes de rinite ao longo do dia.

Contr a-indicações para o uso de berodual

Berodual é um medicamento usado para combater doenças respiratórias, como asma brônquica e bronquite obstrutiva crônica. No entanto, este medicamento possui algumas contr a-indicações que devem ser consideradas antes de prescrever.

  • Alergia aos componentes da droga. Se um paciente é alérgico a qualquer um dos componentes do Berodual, seu uso pode causar uma reação alérgica, incluindo colmeias, inchaço da laringe, nariz escorrendo e dificuldades respiratórias.
  • Doença cardiovascular. O berodual pode causar efeitos colaterais na forma de batimentos cardíacos rápidos, arritmias e pressão alta, o que pode ser especialmente perigoso para pessoas com doenças cardiovasculares pré-existentes.
  • Hipertireoidismo (aumento da função da tireóide). Berodual pode piorar os sintomas do hipertireoidismo, como aumento da palpitações cardíacas, sudorese e nervosismo.
  • Gravidez e amamentação. Os efeitos do berodual no feto e no leite materno não foram suficientemente estudados; portanto, seu uso durante a gravidez e a amamentação deve ser decidido pelo médico individualmente.

De qualquer forma, antes de começar a tomar Berodual, é necessário consultar um médico. Ele ajudará a determinar a dosagem e o modo de administração e também levará em consideração todas as características individuais do paciente e doenças concomitantes.

Contr a-indicações Pulmicort

O Pulmicort é um medicamento eficaz que é amplamente utilizado para tratar asma e outras doenças respiratórias. Mas nem todas as pessoas podem usar este medicamento com segurança.

As contr a-indicações do Pulmicort incluem:

  • Reação alérgica a qualquer um dos componentes da droga
  • Tuberculose pulmonar ou outras infecções do trato respiratório que não são tratadas com drogas glicocortosteróides
  • Crise hipertensiva instável, quando a pressão arterial aumenta significativamente
  • Diabetes mellitus em forma severa
  • Hipersensibilidade aos glicocortosteróides

Pulmicort também deve ser tomado com cautela por pessoas que sofrem de doença cardíaca, rim e fígado, bem como aquelas que tomam certos medicamentos como tioridazina, inibidores da recaptação de monoamina e certos antibióticos.

Compatibilidade de Berodual e Pulmicort

Berodual e Pulmicort são dois medicamentos diferentes projetados para tratar a asma brônquica e outras condições pulmonares. Eles contêm ingredientes ativos diferentes, no entanto, podem ser usados juntos quando um medicamento não fornece efeito e tratamento combinado suficiente.

No entanto, antes de usar esses medicamentos juntos, consulte seu médico para determinar a melhor combinação de dosagens e regime.

Pulmicort é geralmente prescrito para terapia de longo prazo e visa reduzir a inflamação nas vias aéreas. Berodual, por outro lado, é usado como um broncodilatador de ação rápida para aliviar os ataques de asfixia.

Além disso, você precisa considerar a possibilidade de efeitos colaterais ao usar esses medicamentos juntos, como palpitações, ansiedade, enxaqueca e outros sintomas.

Como escolher entre Berodual e Pulmicort para asma brônquica

Como escolher entre Berodual e Pulmicort para asma brônquica

O que é asma brônquica

A asma brônquica é uma condição crônica que leva à inflamação e estreitamento dos tubos brônquicos dos pulmões, resultando em uma sensação de asfixia, tosse e dificuldade em respirar. Medicamentos como Berodual e Pulmicort são comumente usados para tratar asma.

Como o Berodual e Pulmicort funcionam

Berodual é um broncodilatador, o que significa que amplia as vias aéreas, reduzindo o estreitamento e melhorando o fluxo de ar. Pulmicort é um glicocortosteróide que é usado para reduzir a inflamação nos pulmões.

Quando usar Berodual e Pulmicort

Ambos os medicamentos mostram efeitos semelhantes, mas são usados em diferentes casos. Se a asma iniciar ou piorar, o medicamento mais apropriado é berodual, que funciona mais rápido e pode aliviar a respiração do paciente. Se a asma se tornar frequente ou se tornar crônica, é melhor usar o Pulmicort, que mantém os pulmões em um estado saudável e impede a aparência de inflamação.

Uso conjunto de Berodual e Pulmicort

Berodual e Pulmicort podem ser usados juntos apenas quando prescritos por um médico. Ele pode prescrever um dos medicamentos como o principal medicamento e o outro como apoio. Reun i-los pode melhorar o efeito do tratamento e permitir que o paciente respire mais livremente, reduzindo a tosse e a sensação de asfixia.

Como escolher entre Berodual e Pulmicort para doença pulmonar obstrutiva crônica

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma condição grave que pode levar à função respiratória restrita. A medicação é uma maneira eficaz de gerenciar a DPOC.

Berodual e Pulmicort são os dois principais medicamentos usados para tratar a DPOC. No entanto, é importante escolher o medicamento certo para cada paciente, levando em consideração suas necessidades individuais.

O Berodual contém ingredientes que ajudam a ampliar as vias aéreas e reduzir os sintomas da DPOC, como tosse e falta de ar. Pulmicort, por outro lado, contém glicocortosteróides que ajudam a reduzir a inflamação nos pulmões.

Esses dois medicamentos podem ser usados juntos, mas isso só deve ser decidido por um médico. Normalmente, o Berodual é usado para tratar um ataque agudo da DPOC, enquanto o Pulmicort é usado para a terapia de manutenção.

Como em qualquer medicamento, você deve consultar seu médico ao escolher entre Berodual e Pulmicort. Somente um médico, conhecendo todos os fatores, pode escolher o tratamento mais apropriado e dizer como us á-lo corretamente e quais efeitos colaterais podem ocorrer.

Como escolher entre Berodual e Pulmicort para Bronquite

A bronquite pode ser causada por uma variedade de fatores, desde infecções a reações alérgicas. Um dos principais sintomas de bronquite é a tosse, que pode ser acompanhada por dificuldades respiratórias. Nesses casos, o médico pode recomendar Berodual ou Pulmicort para tratar os sintomas. Mas como escolher entre esses dois medicamentos?

  • Berodual é um medicamento broncodilatador que ajuda a ampliar as vias aéreas, reduzindo as dificuldades respiratórias. Alivia os sintomas rapidamente e pode ser recomendado para tratamento de curto prazo para obstrução das vias aéreas.
  • O Pulmicort é um corticosteróide inalado que reduz a inflamação nas vias aéreas e evita a obstrução do pulmão. Geralmente é recomendado para o tratamento a longo prazo da asma brônquica ou bronquite crônica.

Seu médico pode recomendar um desses medicamentos ou uma combinação de ambos, dependendo da gravidade dos sintomas e causas de bronquite. Mas a autodedicação não é recomendada, pois pode levar a consequências indesejáveis, por exemplo, complicações da doença.

Tomar Berodual e Pulmicort juntos podem ser necessários em alguns casos, mas apenas sob a supervisão de um especialista. O médico pode recomendar sua administração simultânea por um curto período de tempo, se forem necessários ambos os medicamentos para melhorar os sintomas e facilitar a respiração. Mas o uso constante e prolongado de ambos os medicamentos pode ser prejudicial à saúde.

Apesar de Berodual e Pulmicort serem usados para tratar bronquite, eles têm mecanismos de ação diferentes e têm suas próprias vantagens e desvantagens. Portanto, o diagnóstico correto, a prescrição e a dose do medicamento devem ser realizados apenas por um médico experiente.

Como escolher entre Berodual e Pulmicort para laringite aguda

Berodual e Pulmicort são usados para tratar a laringite aguda, o que pode levar à tosse, falta de ar e insuficiência respiratória. Mas qual é melhor escolher?

O Berodual é usado para dilatar as vias aéreas e facilitar a respiração. Ele contém broncodilatadores que funcionam rapidamente e podem ajudar a aliviar a falta de ar. Também pode ser útil para asma.

Pulmicort trabalha nos pulmões e vias aéreas para reduzir a inflamação e a irritação. Ele contém componentes esteróides que podem impedir a progressão da inflamação e ajudar a eliminar a tosse. Também pode impedir ataques de asma brônquicos.

Ambos os medicamentos podem ser eficazes para a laringite aguda, mas seu uso deve depender das circunstâncias específicas. Seu médico pode recomendar um ou ambos os medicamentos em combinação para obter melhores resultados.

É importante ter em mente que o uso de qualquer medicamento só deve ser feito em consulta com um médico.

Escolhendo entre Berodual e Pulmicort

Para dificuldades para respirar, é importante ter cuidado na escolha de medicamentos que possam parecer semelhantes, mas na verdade têm usos e características diferentes de ação.

Berodual e Pulmicort pertencem à classe de broncodilatadores, que dilatam os brônquios e facilitam a respiração. No entanto, o Berodual é considerado um medicamento de ação rápida, enquanto Pulmicort tem uma ação mais lenta e atua como um agente profilático.

Quando o Berodual pode ser usado? Pode ajudar em situações em que ocorre um ataque de asfixia, como na asma brônquica. Nesses casos, Berodual dilata rapidamente as vias aéreas e reduz a inflamação. No entanto, se você tiver dificuldades de respiração persistente, Pulmicort é uma opção melhor.

Quando o Pulmicort pode ser usado? Se você tiver desconforto e dificuldade frequente, o Pulmicort pode ser uma ferramenta útil para ajudar a manter a função respiratória normal. Reduz a inflamação e reduz a suscetibilidade a ataques. No entanto, seus efeitos não são imediatos, portanto, não é adequado para alívio imediato dos problemas respiratórios.

Embora Berodual e Pulmicort possam ser usados ao mesmo tempo, é sempre uma boa idéia consultar seu médico e entender qual objetivo você deseja alcançar com esses medicamentos. Um tratamento abrangente, criado com o apoio do seu médico, pode ajud á-lo a reduzir suas dificuldades respiratórias e melhorar sua qualidade de vida.

Escolhendo entre Berodual e Pulmicort para reações alérgicas

O tratamento da asma pode ser complexo e requer o uso de vários medicamentos. Berodual e Pulmicort estão entre os medicamentos mais eficazes para o tratamento de ataques de asma, mas qual você deve escolher para reações alérgicas?

O Berodual contém dois ingredientes ativos: o fenoterol e o brometo de ipratrópio e é amplamente utilizado para aliviar rapidamente ataques de doenças respiratórias, incluindo asma. No entanto, em caso de reações alérgicas, Berodual pode piorar os sintomas.

O Pulmicort contém diropionato de bexatazona como ingrediente ativo, o que ajuda a reduzir a inflamação e diminuir a frequência dos ataques de asma. Ao contrário de Berodual, o Pulmicort é frequentemente usado para tratamento a longo prazo e prevenção de ataques de asma.

Se você tem uma reação alérgica, Pulmicort pode ser uma escolha melhor. Pode ajudar a reduzir a inflamação e prevenir ataques de asma sem agravar os sintomas da reação alérgica. No entanto, em caso de necessidade aguda, o Berodual pode ser usado para alívio rápido dos ataques de doenças respiratórias após consultar seu médico.

Escolha entre Berodual e Pulmicort durante a atividade física

A atividade física pode levar a uma exacerbação da asma brônquica, por isso é importante escolher o medicamento certo para prevenção e tratamento. Berodual e Pulmicort são meios eficazes, mas sua prescrição depende da gravidade e frequência dos sintomas, bem como características individuais do corpo.

Berodual é um broncodilatador que dilata as vias aéreas e elimina a falta de ar. É recomendado para uso pouco antes da atividade física para evitar possíveis ataques de asma. No entanto, o uso de Berodual em doses altas pode levar a efeitos colaterais cardíacos, portanto, você não deve exceder a dose prescrita pelo seu médico.

Pulmicort é um glicocortosteróide que reduz a inflamação no brônqui e reduz a quantidade de muco. É recomendado para uso durante os períodos em que os sintomas da asma ainda são sentidos e o exercício deve ser reduzido. No entanto, Pulmicort não se destina a aliviar diretamente a falta de ar e não pode substituir Berodual no caso de um ataque de asma.

  • A escolha entre Berodual e Pulmicort para exercício depende de:
    • Gravidade e frequência dos sintomas da asma
    • Características individuais do corpo
    • Necessidades específicas do paciente

    Como escolher entre Berodual e Pulmicort para dispnéia noturna

    A falta de respiração noturna é um sintoma bastante comum em pacientes com asma brônquica ou DPOC. A maioria dos médicos recomenda o uso de Berodual ou Pulmicort para tratar essas condições, mas como você determina qual medicamento é melhor usar para tratar a falta de fôlego noturna?

    Berodual é um broncodilatador que dilata o brônqui e melhora a função respiratória. Pertence ao grupo de agonistas de adrenorreceptores beta-2 e tem uma ação de ação rápida. É frequentemente usado para aliviar ataques de chiado, incluindo dispnéia noturna.

    Pulmicort é um medicamento corticosteróide que reduz a inflamação nos pulmões e melhora a respiração brônquica. Pertence a um grupo de corticosteróides inalados que podem ser usados para prevenir e tratar doenças respiratórias, como asma brônquica e DPOC.

    Ao escolher entre Berodual e Pulmicort, seu médico se concentrará na causa da sua falta de ar. Se a dispnéia noturna for causada por broncoconstrição, Berodual será mais eficaz. Se a falta noturna da respiração for causada por pneumonia, Pulmicort será uma escolha melhor. Às vezes, pode ser necessário usar os dois medicamentos juntos.

    De qualquer forma, você deve sempre consultar seu médico antes de iniciar o tratamento para a inspiração noturna. O médico poderá determinar a causa e fazer recomendações sobre a medicação mais apropriada e sua dosagem. Lembre-se de que a automedicação pode ser perigosa e a supervisão do médico é essencial para o tratamento eficaz da dispnéia noturna.

    Qual é a maneira correta de tomar Berodual e Pulmicort?

    Berodual

    Berodual é um broncodilatador de ação rápida, usada para o tratamento e prevenção de doenças respiratórias. Este medicamento é usado para facilitar a respiração nos casos quando é difícil, bem como evitar crises obstrutivas em pacientes com asma brônquica.

    Recomend a-se que adultos e crianças com mais de 6 anos de idade usem o dispensador berodual, conforme necessário, não excedendo a dose máxima de 8 vezes por dia. Para crianças de 2 a 6 anos, é recomendável usar um nebulizador.

    Não é recomendável exceder a dose recomendada sem aconselhamento médico.

    Pulmicort

    O Pulmicort é um medicamento esteróide usado para tratar a asma brônquica e doença pulmonar obstrutiva crônica. Este medicamento não tem um efeito imediato, mas é muito eficaz no tratamento de doenças respiratórias crônicas.

    Para adultos, é recomendável tomar Pulmicort 1-2 vezes ao dia e para crianças de 6 meses a 12 anos-1-4 vezes ao dia, dependendo da idade e do peso.

    Não é recomendável parar de tomar Pulmicort sem consultar seu médico.

    Uso conjunto de Berodual e Pulmicort

    Tomar Berodual e Pulmicort juntos podem ser recomendados nos casos em que o paciente precisa aliviar a respiração e salv á-lo de uma crise obstrutiva. No entanto, juntando esses medicamentos, é necessário observar um certo intervalo. Berodual deve ser tomado primeiro e depois, após 10 a 15 minutos, Pulmicort.

    Antes de começar a tomar qualquer um desses medicamentos, você deve consultar seu médico.